Eles mentiramVejo muita, mas muita gente mesmo escrevendo, postando e compartilhando por aí frases, textos e vídeos afirmando e confirmando que sucesso é uma questão de persistência, de não desistir, de continuar seguindo adiante.

É claro que devemos insistir naquilo em que acreditamos. Mas o perigo começa, exatamente, no momento em que ficamos cegos na busca de um objetivo, sem pararmos para vez ou outra reavaliar se o destino está certo, de fato, ou se devemos escolher outro caminho.

Porque é neste momento que vem aquela enxurrada de autoajuda dizendo que sucesso é apenas uma questão de insistir, que sucesso é 99% de transpiração e, a pior linha de todas, que só os fracos desistem.

Bem, lembremos, em primeiro lugar, que o cemitério está lotado de fortes.  As ruas estão cheias de gente que insistiu até o fim, lutou com suas últimas forças e empenhou até o último fio de cabelo, para ver seus esforços transformados em pó.

Há, obviamente, muito mais fracassados do que vitoriosos, mas estes, os vitoriosos, são muito mais barulhentos – isto é, os livros e filmes são escritos sobre eles. Até porque livros sobre fracassos não vendem muito – e acabam se tornando, eles próprios, fracassos.

Por isso é importante dar o desconto para tudo isso que se vende como solução mágica para o sucesso. Insistir não é garantia de nada. Aliás, insistir no erro só é garantia de mais erro – e não é, convenhamos, muito inteligente.

Seja persistente, mas não seja teimoso.